Oportunidade

22 de ago de 2010

A arte de brigar

É impressionante a pessoa que consegue arrumar uma briga por um motivo que sequer há eminecia de que vá acontecer, ou por algo que não é analisado antes se é de fato importante.

Tem pessoas que brigam pq gostam de provocar, pq gostam de se reconciliar. Sim é verdade! tem isso.
Mas essas não são das piores, existe uma razão pra isso. Não é em vão. De certa forma, um roteiro que vai desde a escolha de um motivo para a calorosa discussão, até a reconciliação. Digamos que essa seja uma briga controlada.

Mas a pior briga, é aquela que acontece sempre pelas mesmas coisas, pelas mesmas coisas simples demais, a que falta imaginação, a que não tem crueldade. 
Vc discute pq o outro nunca tira o lixo. Quer coisinha mais mediocre!?
As brigas mais infames são aquelas que já foram brigadas. Por que repetir o mesmo roteiro? Aliás, odeio rotina.

Briga já solucionada. Todos os dias ele abre a janela do quarto, ele bate a porta do banheiro e pergunta se não vou levantar. Por que eu vou brigar por isso? Ele faz isso todos os dias, ele já sabe que isso me chateia, ele ja sabe que eu gostaria que parasse, nós ja discutimos, nos já brigamos.. Não ele não vai parar. Ponto! a briga acabou.

A não ser que eu tenha prazer na "briga nossa de cada dia", acabou a briga. Se o mesmo sexo fica chato, pq a mesma briga não?

Então, briga chata é essa. Mesmo motivo. Mude de quarto! Arrume uma briga nova.

Tem outra briga que considero a mais criativa, mas não acho que valha a pena tbem. Aquela que a pessoa consegue instigar o outro a brigar sem saber exatamente pelo que está brigando. Aqui, se um dos dois perceber a situação, alguem pode se divertir muito. Senão, inútil é brigar. Porque essa briga, como já falei, não existe sequer razão para começar, so jogo de ofensas.

Ela diz que precisa que ele não se atrase no sábado (observe que o sábado não chegou! que nguem se atrasou ainda! logo não existe um motivo para a briga). Mas ela, que é muito organizada, o relembra inúmeras vezes durante a semana que, no sabado, não deve se atrasar. Pronto, la pela décima vez que ela diz isso, ele já começa se defender dizendo é claro, que ela é quem costuma atrasar-se e não ele. A briga está feita.

Depois de qualquer briga, com motivo ou não, solúvel ou insolúvel. Sobram os estilhaços, corações partidos, egos feridos, o lixo fica la para ser tirado.
A briga que vale a pena, não é a que chegamos a uma solução, mas a que inclui no roteiro a faxina. É a que termina com lagrimas para lavar a alma, desculpas para secar as magoas, e um abraço para acolher o coração.

16 de ago de 2010

Sozinho - Pede - Caetano

Acho essa foto impagável rs

Nicest thing - Kate Nash



Segunda Feira



Ela acorda assim, sem pensar em nada, se deixando levar pela mesmisse de toda segunda feira.
Dessas que a gente quer ficar na cama mais um pouquinho, dessas que os cobertores nos embrulham como um ninho.
O sol já estava la no céu quando havia se levantado. Mas como estava frio, ela nem deu importancia.
Continou a tentar abrir os olhos enquanto pegava os pães, a manteiga, o leite morno que colocava na mesa com a mesma lerdeza de todas as manhãs de segunda.

Não é bom tomar café sozinho, a menos que se tenha a intenção de contemplar o silencio das manhãs, o bater da xícara no pires, ou o barulho da dança da colhere dentro do copo.  Mas ela tomava seu café, sem a pretenção de fazer daquele dia um dia diferente.

Ela abre o computador, verifica seus email. Responde os mais importantes. Encaminhando outros tantos. E um deles diz:
Bom dia, flor do dia!
Lembre- se de regar as plantas antes do meio dia!
O dia está radiante hoje.

Ficou chocada com tamanha elegancia. Nada de cobrança, pensou ela. poderia ter dito: "Não se esqueça de regar as plantas." Mas não, dizia: "Lembre-se de regar as plantas". E isso soou tão afetuoso.

Ela ficou tão seduzida por aquelas palavras que saiu para o banho, sem perceber que não havia flores para serem regadas. Mas percebeu que o Sol parecia brilhar mais do que nas outras manhãs de segunda.

No banho ela aproveita a água morna que esquenda os pés gelados. Com calma, ela aproveita cada minuto  daquele banho perfumado.

Ela sai e o dia estava tão lindo! As pessoas pareciam mais bonitas e elegantes por causa do frio.
Ela faz tudo que precisava fazer. Conversa com amigos. Trocou as primeiras palavras com um novo vizinho que a meses havia se mudado para o prédio.

É, esse dia era mesmo especial. Ela recebeu um email muito especial.

No fim da tarde, quando retorna a sua casa, tira as roupas cansadas... toma um banho, faz um cappucino. Não existe companhia melhor, e ela sabia disso.
Abre novamente o computador. E ele estava la, aquele email tão educado e gentil.

Quando ela o re-lê,  logo percebe que há um erro. Um erro ortográfico seria menos fatal.  não...não era um erro gramatical ou coisa assim.
Mais embaixo ela viu assinado:

Meu amor, vejo vc mais tarde.
T.M.

E ela percebe o terrível engano que trazia aquele email. Aquela segunda era somente mais uma segunda como todas as outras.

15 de ago de 2010

Bolhas de Sabão

Sentimentos, bolhas ao vento.
Tudo se perde se não for escrito.

Bolhas ao vendo, calçado, cimento
É pra ser assoprado, é pra ser calçado, é pra ser pisado.

Coloridas, grandes ou pequenas,
La vão elas...
Se não for escrito,
Vai-se ao vento.

Por isso eu escrevo,
As vezes,
Não é só para me me libertar,
E também pra tentar guardar bolhas de sabão.

14 de ago de 2010

Tava passando por ai

Ouvi por ai,
que eu tenho que ser discreto, elegante
sincero.

Aliás, diz por ai,
tanta forma e jeito que devo ser...
Mas ninguem diz  o quanto de mim eles querem ver.

Não importa se eu somente reproduzo,
O importante é ser discreto, elegante, sincero.
As vezes eu paro, penso
Eu fico bem confuso

E se eu for cafona, extravagante!?
E daí se eu sou quem eu sou!?

Se eu prefiro ser um pouquinho irônico,
Porque a ironia, seleciona os ouvintes.
Quem não entende ironia,
Não está preparado para ouvir que eu quero dizer.

Mas se eu fosse fino, elegante sincero,
Não perderia meu tempo
Não diria aos outros para serem como eu quero.
Se eu fosse fino elegante sincero,
Eu tentaria ser um pouquinho ironico, extravagante
sincero.

9 de ago de 2010

Eu Preciso de Você



Eu só preciso estar com vc,
em pensamento,
em palavras,
de uma forma que preencha o vazio da sua ausencia.

De uma forma que sufoque a saudade,
Que me faça esquecer o tempo,
Que me leve junto ao vento,
Que traga seu toque, seu jeito de verdade.

Nem a distancia,
Pode separar nossos corações
Nem o tempo apagar esse sentimento,
Eu vou levar para sempre...

A lembrança de cada olhar,
Os seus labios a me chamar

Eu quero manter firme essa chama,
Que aquece minha alma,
Que nao sei se me engana,
Ou se por vezes me acalma.

eu preciso te falar
eu quero amar você.

7 de ago de 2010

He sido tan feliz contigo (english spanish) Alejandro Sanz



ps: sugestao de um grande amigo muito romantico. s2
Achei a musica linda, principalmente pelo melodioso espanhol... 
Se uma pessoa nao pode te dar tudo que precisa  (e isso é um fato)
receba com alegria o melhor que as pessoas podem tem dar.

5 de ago de 2010

Djavan - Te devoro

 Eu quero mesmo é viver pra esperar
                                              devorar vc...

Sem saber de ti,
                 jogado a solidão

4 de ago de 2010

expending my time...



Eu vejo os dias indo embora lentamente,
Mas eu não me importo
Esse sentimento vive para sempre
Eu contemplo a surgir do sol
Mas é o brilho dos seus olhos que eu espero.

Ana Carolina *o* Louca Tempestade

 

...espetaculo... pena q os videos oficiais ela bloqueou para incoporar ao blog

3 de ago de 2010

Simplismente poesia...Nando Reis

 Simplismente poesia...

A noite é fria
Agora a espera é longa
Aqueles beijos tão quentes,
A lembrança esquenta a cama,
A saudade aperta o peito,
Ah esse seu jeito.

A distancia você me chama
Antes meu nome entre dentes
Agora a espera é longa
A noite é fria.

2 de ago de 2010

Meu Segredo

 Essa musica é linda,, na voz da Ivete ficou perfeita...

vc ja sabe o meu segredo,
pra sempre vou te amar,

se vc voltar tudo vai valer,
vc pode ate duvidar
mas seja como for,
nao tem como esse amor morrer...


1 de ago de 2010

Olhares




Tantas palavras são ditas no silencio de um olhar.

Quem precisa de palavras?! 

Palavras se enganam, os olhares nos entregam
Palavras se distorcem, olhares se entrelaçam.

Palavras doces podem ser mentiras que machucam. Mas aah os olhares, 
Os Olhares, ah são fatais...

Vc nunca disse. Mas eu sempre soube naquele olhar, muito mais do que as palavras poderiam falar...

Se você soubesse o que dizia aquele olhar, vc não ia se calar...   olhares são eternos, e ternos... Maltidas palavras que não foram ditas.. benditos olhares.

Que falta eu tenho daqueles olhares.

Malditas palavras que não foram ditas. Benditos olhares... 
...olhares de amor, palavras sem cor.

O Amor Que Guardei

Pra você guardei o amor
                            Que nunca soube dar
                                            O amor que tive e vi sem me deixar
                                                                            Sentir sem conseguir provar...