Oportunidade

26 de mai de 2011

O Atendente e o Monstro



Acho que todos temos experiências ruins com atendimento  em lojas. Mas sendo vendendora ser mal recebido é muito mais comum, e pra mim muito divertido na maioria das vezes.

É engraçado dizer isso, porque todos gostamos de ser bem atendidos. No meu caso, saber como vou ser recebida  me diz muito se aquela pessoa é ou não o tipo que estou procurando. Sou vendendora, né!

Se vc entra como cliente em uma loja qualquer, algumas vezes, com muuuuuuito treinamento e esforço a atendente consegue esboçar um sorriso e dizer um "pois não" ou "posso ajudar" (decadência). Agora se ela perceber que vc não entrou com a intenção de comprar, não espere respeito algum.  

Isso faz eu me lembrar do livro o "Médico e o Monstro". Sabe aquela historia do cientista q se transforma em um monstro??! Então, será que todos nós temos um montro dentro de nós? (ou todos atendentes de lojas)


Por que é tão difícil ser educado com uma pessoa sem querer nada em troca? 
comportamentozinho mediocre, heim!
Ontem entrei em uma loja que vende roupas brancas. Quando cheguei uma das pessoas estava rindo e comentando algo no computador. Eu perguntei se eles indicavam algum produto para usar em roupas brancas, porque eu vendo um produto para isso. E a pessoa que estava toda faceira, sorridente no computador recuou, nem perdeu o precioso (ocioso) tempo, já foi logo dizendo: "Fulana explica" pra ela - disse ela já me descartando

Naquele momento eu fiquei pensando se ela merecia uma voadora no peito ou um dedo no olho.
Como a outra atendente foi mais cordial, embora não tenha dito nenhuma palavra, expliquei que queria mostrar um produto a ela.

Mas a ocupadissima já se adiantou novamente e disse: "mas pra que qui é? é pra indicar o seu produto? agora eu não posso, pode ser outro dia BEM? semana que vem?" (ou nunca mais, né, porque não tenho a menor intenção de fazer qualquer tipo de negócio com uma pessoa tão mal educada)

Imagino que ela não atenderia uma cliente da loja da mesma maneira (embora eu tenha dezenas de amigas que comprem aquele tipo de roupa) ela desconsiderou totalmente a possibilidade de eu ser uma cliente. 
Tem estudos, pesquisas que dizem que quando somos bem atendidos, falamos bem para 3 pessoas, e quando somos mal atendidos falamos para 11 pessoas.

Mas eu não me aplico a essa pesquisa, porque com esse blog, email, facebook, twitter, orkut, e outras redes sociais que tenho acesso, eu vou falar mal dessa loja e daquela atendente para pelo menos 7 mil contatos. E amanhã ainda vou passar na loja dela para deixar o endereço do blog, para ela ver essa postagem e quem sabe comentar ou repensar a forma educada que ela  atende as pessoas.

Para ser vendedor, atendente tem tantos cursos por ai, seria fácil essa pessoa fazer um deles. Mas para ser gente, a isso não tem curso.

Você já passou já foi mal atendido em uma loja? O que vc fez?


"Se você quer saúde, leve saúde as pessoas. Se quer bens materiais, ajude a se tornarem ricos. A maneira mais facil de se obter o que se quer é ajudar os outros a conseguirem o que eles querem" Deepak Chopra