Oportunidade

25 de set de 2010

Caso Dilma se eleja, ficará PROIBIDO FAZER

Caso Dilma se eleja, ficará

PROIBIDO FAZER:...


- Cultos ou evangelismo na rua (Reforma Constitucional)

- Programas evangélicos na televisão por mais de uma hora por dia.

- Programa de rádio ou televisão, quem não possuir faculdade de 'jornalismo'.

- Pregar sobre dízimos e ofertas, havendo reclamações, obreiros serão presos. Quanto aos cultos:

- Cultos somente com portas fechadas (Reforma Constitucional)

- As igrejas serão obrigadas a pagarem impostos sobre dízimos, ofertas e contribuições.

-
Será considerado crime pregar sobre espiritismo, feitiçaria e
idolatria, e também veicular mensagem no rádio, televisão, jornais e
internet, sobre essas práticas contrárias a Palavra de Deus.

-
Pastores que forem presos por pregar sobre práticas condenadas pela
Bíblia Sagrada (homossexualismo, idolatria e espiritismo), não terão
direito a se defender por meio de ação judicial.

Se estabelecerá:

-
O dia do “Orgulho Gay” e que seja oficializado em todas as cidades
brasileiras e comemorado nas Instituições de Ensino Fundamental
(primeira a 8.a série), público e particular.

- Que as Igrejas
que se negarem a realização das solenidades dos casamentos de homem com
homem e de mulher com mulher, estarão fazendo “discriminação”, seja
multadas e seus pastores processados criminalmente por descriminação e
desobediência civil. Projeto nº 4.720/03

- Altera a legislação constitucional Projeto nº 3.331/04


Altera o artigo 12 da Lei nº 9.250/95, que trata da legislação do
imposto de renda das 'pessoas físicas' Se convertidos em Lei, os dois
projetos obrigariam as igrejas a recolherem impostos sobre dízimos,
ofertas e contribuições. 1. Projeto nº 299/99

– Altera o código
brasileiro de telecomunicações (Lei 4.117/62). Se aprovado, reduziria
programas evangélicos no rádio e televisão a apenas uma hora. 2. Projeto
nº 6.398/05

– Regulamenta a profissão de Jornalista Contém
artigos que estabelecem que só poderam fazer programas de rádio e
televisão, pessoas com formação em JORNALISMO, Significa que pastores
sem a formação em jornalismo não poderão fazer programas através desses
meios. 3. Projeto nº 1.154/03

– Proíbe veiculação de programas em
que o teor seja considerado preconceito religioso. Se aprovado, será
considerado crime pregar sobre idolatria, feitiçaria e rituais
satânicos. Será proibido que mensagens sobre essas práticas sejam
veiculadas no rádio, televisão, jornais e internet. A verdade sobre
esses atos contrários a Palavra de Deus, não poderá mais ser mostrada.
4. Projeto nº 952/03

Repasse isso para todos que você conhece e peça direção a Deus antes de votar. DILMA NÂÂÂÂÂÂOOOOOO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por participar!